Olá, como podemos te ajudar?
(11) 94294-2192      contato@genyomalhas.com.br                               VENDAS APENAS ACIMA DE 15 KG

Impressão digital em tecido: como funciona?

Impressão digital em tecido: como funciona? Antes de responder a essa pergunta, é importante ressaltar que esse tipo de impressão tem cada vez mais demanda. Isso se dá devido ao seu acabamento fino, aos baixos custos, à sua versatilidade e a alta produtividade em comparação aos métodos mais antigos, como a serigrafia (técnica que utiliza telas vazadas).

Existem vários tipos de impressão digital, pois existem diversos tipos de tecidos e máquinas. Cada impressora atua melhor em um determinado tipo de tecido. Isso se dá pelo fato de que cada material possui uma característica química própria, ou seja, cada procedimento necessita de um processo específico para garantir a melhor interação pigmento-tecido.

Existem, porém, dois tipos mais comuns de impressão. São elas:

Sublimáticas

O mecanismo das impressões sublimáticas é complexo, pois segue os seguintes passos:

  • primeiramente, a estampa deve ser impressa em papel especial com o pigmento específico para aquele tecido;
  • depois, o tecido é colocado juntamente com o papel na prensa da impressora;
  • o pigmento é transformado em um gás que se liga ao tecido, devido as temperaturas elevadas;
  • por fim, o tecido volta para o ambiente e recebe um tratamento de fixação.

Esse tipo é indicado para ser utilizado em tecidos sintéticos, como o poliéster.

Impressão direta no tecido

Existem dois processos onde a tinta é aplicada diretamente no tecido. São eles:

  • 1) impressão com pigmentos: impressão de jato de tinta. O tecido é como se fosse um papel no qual a tinta é aplicada diretamente e se fixa devido à afinidade com as fibras do tecido;
  • 2) impressão com corantes reativos ou ácidos: a tinta precisa de ajuda para se fixar ao tecido que pode ser uma reação química (reativo) ou um meio ácido.

Já vimos os dois principais tipos de impressão digital no tecido – agora vamos entender um pouco mais sobre o processo desse tipo de impressão que segue os seguintes passos:

1) Escolher/preparar o tecido: é preciso conhecer a composição do tecido que deseja tingir para escolher qual o melhor processo para tingi-lo, ou seja, materiais diferentes precisam de corantes e técnicas diferentes.

2) Escolher a tinta: essa escolha depende também do material do tecido e qual será seu uso. As tintas podem ser as ácidas e reativas, a têxtil pigmentada e as de sublimação (só utilizada no poliéster).

3) Escolher a impressora: existem 3 tipos de impressora. Impressoras para baixo volume, ideais para estamparias de camisetas do varejo; impressoras para médio volume, indicadas para empresas de roupas e acessórios têxteis de marketing; e as impressoras industriais para grande volume, voltadas especificamente para as fábricas.

4) Design em softwares: para o uso das impressoras digitais é necessário utilizar um software para criar o desenho da estampa e importar os desenhos feitos nele para o programa da impressora. As máquinas não conseguem interpretar desenhos à mão.

5) Fixação: é a última etapa. Se a impressão foi realizada por tintas têxteis pigmentares para a fixação se faz necessária a aplicação de uma prensa aquecida e lavagens; se foi através de corantes ácidos e reativos, a fixação é com vapor, lavagem e secagem em equipamentos industriais especializados; e se foi sublimação, a fixação é através de calor seco e lavagens.

A impressão digital em tecido é muito produtiva, afinal, as máquinas podem funcionar praticamente 24 horas por dia 7 dias por semana. Assim, percebemos mais uma transformação no mercado têxtil que ocorreu devido à tecnologia. E para ler mais sobre algumas inovações que estão revolucionando o setor da indústria da moda, clique aqui.

Fonte: https://fcem.com.br/noticias/entenda-como-funciona-a-impressao-digital-em-tecido/

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">HTML</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

EnglishPortugueseSpanish