13 de agosto de 2019
Compartilhe

Nunca se discutiu tanto o empoderamento feminino quanto nos dias de hoje. Compreendemos esse momento como muito importante e crucial para alcançar uma sociedade igualitária. Sendo assim, discutiremos nesse post o papel da mulher na indústria têxtil no Brasil.

Histórico

A história do papel da mulher na indústria têxtil brasileira se inicia juntamente com o começo da Revolução Industrial, nesse período muitas mulheres foram inseridas no mercado de trabalho como simples operárias.

Entretanto, foi somente no final do século XIX que elas começaram a conquistar diferentes cargos no setor. E demorou ainda mais para que elas começassem a conquistar seus direitos profissionais (direitos esses, conquistados  após muitas lutas).

Após a década de 1950, ocorreu um aumento do consumo de itens de moda, e uma valorização desse consumo. Com isso, a mulher começou a se destacar na costura e a partir da década de 60 alguns nomes em outras áreas ganharam destaque como a estilista Zuzu Angel e a consultora de moda, Carmen Mayrink Veiga.

A partir disso, a moda ganhou cada vez mais espaço. E foi uma das responsáveis pela consolidação do papel da mulher no setor têxtil. Ainda é, pois esse é um dos setores que mais emprega mulheres. E não emprega somente na costura, como também, na criação, na coordenação, e na comercialização.

A importância da mulher e do setor têxtil

A indústria têxtil brasileira representa quase 17% dos empregos no país e é a maior cadeia têxtil completa do Ocidente A indústria têxtil é, portanto, um dos maiores setores de produção do mundo.

Mais de 75% dos cargos do setor têxtil e confecção é composto por mulheres. Essa empregabilidade formal é crucial para a conquista da independência financeira de muitas delas. Esse é um número bastante significativo e representativo da importância da mulher não apenas no setor têxtil, como também em toda a economia nacional.

Dar visibilidade a essa trajetória é muito importante, pois ainda existem fatores muito graves que precisam ser exterminados, como: diferença salarial, trabalho escravo e abuso contra as mulheres. E reconhecer que mesmo com todas as dificuldades, a mulher se tornou protagonista e responsável pelo sucesso do setor têxtil brasileiro nos traz muita esperança.

Saiba mais:

Para ler mais posts no blog sobre o setor têxtil, clique aqui, aqui e aqui.

Fonte:

https://fcem.com.br/noticias/o-papel-da-mulher-na-industria-textil-no-brasil-e-no-mundo/#.XTHdQuhKjIV

Compartilhe
  • Tags:

Ultimos posts

13 de agosto de 2019

O papel da mulher na indústria têxtil no Brasil

6 de agosto de 2019

As vantagens da estamparia digital

30 de julho de 2019

Substratos funcionais para estamparia

23 de julho de 2019

A indústria têxtil brasileira e sua importância