Olá, como podemos te ajudar?
(11) 94294-2192      contato@genyomalhas.com.br                               VENDAS ACIMA 5 KG POR COR

Os 4 principais segmentos têxteis brasileiros

O setor têxtil brasileiro é bastante amplo e engloba diversos segmentos. Nesse post iremos apresentar os 4 principais segmentos têxteis brasileiros. São eles: Algodão e fibras, Fibras artificiais e sintéticas, produtos têxteis e confecções.

1. Algodão e fibras

A principal fibra utilizada pelo setor têxtil brasileiro é a de algodão. Já que As vantagens de uma malha 100% algodão são: alta durabilidade, boa respirabilidade, permitindo que o calor do corpo saia, maciez, conforto, resistência a lavagens e ao ferro de passar e fácil manuseio.

Com isso, nesse segmento, temos não só negócios com produção, mas também com importação e exportação. Temos produtos de alta qualidade e, inclusive, exportamos cerca de 330 mil toneladas para o mercado internacional.

O consumo nacional segundo dados da ABIT (Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção) está em 900 mil toneladas e, portanto, importamos parte da matéria-prima, mesmo com o crescimento que tivemos em 2017 de 12% na produção da pluma de algodão.

2. Fibras artificiais e sintéticas

As fibras químicas podem ser artificiais (produzidas a partir do tratamento da celulose) ou sintéticas (fabricadas a partir de derivados petroquímicos). No Brasil produzimos um total de 418 mil toneladas dessas fibras, sendo 61,5 mil toneladas das artificiais e 356,5 mil toneladas das sintéticas.

Devido a ótima relação de custo e benefício, a tendência é que essas fibras sejam cada vez mais utilizadas, especialmente, as sintéticas. Entretanto, esse segmento do setor têxtil brasileiro sofre uma concorrência fortíssima com os produtos asiáticos. Fazendo com que as indústrias desse setor invistam em produtos de maior valor agregado.

3. Produtos têxteis

O segmento de produtos têxteis é considerado o intermediário entre as matérias-primas mencionadas nos itens anteriores e os produtos finais que falaremos no próximo item. Os fios, os tecidos e as malhas compõem esse segmento que segundo dados da ABIT, em 2017, o PIB teve um crescimento aproximado de 1,1%.

A maioria da produção nacional é realizada para o mercado interno, porém as exportações estão crescendo cada vez mais. Afinal, hoje somos o segundo maior produtor mundial de índigo e o terceiro de malhas.

A indústria de malhas é considerada especializada e avançada tecnologicamente, e é justamente aqui que a Genyo se enquadra. Para saber mais sobre nossa loja e sobre nossos tecidos clique aqui.

4. Confecções

As confecções são os produtos finais, ou seja, os direcionados para o consumo, para o varejo. E o Brasil se destaca por sua diversidade e qualidade nesse segmento.

Temos por volta de 32 mil empresas de confecções, destas, 80% são empresas pequenas ou médias e empregam cerca de 75% dos 1,7 milhões de trabalhadores do setor têxtil. A maioria dessa produção é voltada para o mercado interno. Apenas 2,5% vai para as exportações.

Temos uma grande vantagem nesse segmento: uma ampla variedade de matérias-primas para criar, e somos relativamente independente de importações. Isso nos torna mais resistentes às crises mundiais.

Assim, apresentamos um pouco sobre os 4 principais segmentos têxteis brasileiros.

Fonte: https://fcem.com.br/noticias/segmento-textil-os-4-principais-do-mercado-brasileiro/#.XRzhPOtKjZ4

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">HTML</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

EnglishPortugueseSpanish